Sello Oração E Caridade

Respeitável Loja de São João

Oração e Caridade nº 22

BLOG

Ressurreição

JEAN-BAPTISTE WILLERMOZ SOBRE A IGREJA DE ROMA

Este projeto está muito longe de nossos pensamentos, e talvez possa estar mais longe ainda do meu em particular; esta união não proporcionaria a Ordem nenhum bem essencial, e teria grandes inconvenientes…

Pranchas na Loja do RER

Pranchas na Loja do RER: Toda Prancha ou Trabalho desenvolvido nas Lojas Simbólicas deve sempre partir do Ritual do Grau…

O QUE É O R.E.R.?

O Regime Escocês Retificado é um Sistema Maçônico e Cavaleiresco, criado na França durante o último quarto do séc. XVIII. O Rito Escocês Retificado preserva em seus rituais integramente toda sua pureza de acordo com…

A Festa da Renovação da Ordem

A Festa da Renovação da Ordem é a Festa em que renovamos nossos compromissos perante Deus, perante nossos Irmãos e perante a humanidade…

Phaleg – por Diego Cerrato

Phaleg: A palavra de reconhecimento na Loja de Aprendizes do RER é Phaleg e deve ser utilizada para a admissão nos trabalhos deste grau…

Carta a um candidato a ser admitido em uma Loja Retificada

Carta a un candidato: Confidenciastes o vosso desejo de ser admitido na Maçonaria no Regime particular que segue a Loja à qual os Senhores…

O RER e o Cristianismo

O RER e o Cristianismo: Todos estes discursos surgem quando alguém coloca em dúvida “o perfeito catolicismo” de nosso fundador…

QUEM É SANTO ANDRÉ?

Santo André (+62), irmão de São Pedro, é o primeiro dos apóstolos a encontrar Jesus Cristo depois do seu batismo nas margens do Jordão…

A Criação de Lojas Simbólicas no RER

A Criação de Lojas Simbólicas no RER: só pode ser consagrada sob a autoridade de um Deputado-Mestre, que é ao mesmo tempo o Comendador…

Controvérsia: Dogma das Igrejas e doutrina Martinez de Pasqually

Controvérsia: outro caminho é possível, o de admitir a diferença doutrinária, reconhecendo-a honestamente…

O MODO DA RESSURREIÇÃO – SÃO PAULO

Ressurreição

Primeira Epístola a los Coríntios 15:35-50

 

35Mas alguém dirá: Como ressuscitarão os mortos? E com que corpo virão? 36Insensato! O que tu semeias não é vivificado, se primeiro não morrer. 37E, quando semeias, não semeias o corpo que há de nascer, mas o simples grão, como de trigo, ou de outra qualquer semente. 38Mas Deus dá-lhe o corpo como quer, e a cada semente o seu próprio corpo. 39 Nem toda a carne é uma mesma carne, mas uma é a carne dos homens, e outra a carne dos animais, e outra a dos peixes e outra a das aves. 40 E há corpos celestes e corpos terrestres, mas uma é a glória dos celestes e outra a dos terrestres. 41 Uma é a glória do sol, e outra a glória da lua, e outra a glória das estrelas; porque uma estrela difere em glória de outra estrela.

42 Assim também a ressurreição dentre os mortos. Semeia-se o corpo em corrupção; ressuscitará em incorrupção. 43 Semeia-se em ignomínia, ressuscitará em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscitará com vigor. 44 Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual. 45 Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão em espírito vivificante. 46 Mas não é primeiro o espiritual, senão o natural; depois o espiritual. 47 O primeiro homem, da terra, é terrenal; o segundo homem, o Senhor, é do céu. 48 Qual o terrenal, tais são também os terrenais; e, qual o celestial, tais também os celestiais. 49 E, assim como trouxemos a imagem do terrenal, assim traremos também a imagem do celestial. 50 E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção.